Siga por e-mail

domingo, 28 de março de 2010

Páscoa no meu coração

Eita felicidade que não avisa quando, nem como vai voltar!
Não é que outro dia ganhei um poema com meu nome? “Coincidentemente”, havia vários dias que me sentia algo abaixo dos protozoários, e saber que fora inspiração para a poetisa me encheu o coração.
Coisa boba, um poeminha, uma trovinha, um simples elogio. Assim despretensioso, mas que abriu a temporada “de bem com a vida”. Como diria o livro, uma canja de galinha para a alma.
Eis que o cardíaco estava reluzente e aberto ao mundo.
Então tive um sonho com uma Bela flor que me fez um dia chorar de saudade. Ela me dizia que estava muito bem. Pequena, porém forte! As lágrimas insistiram em cair, pois jamais se esquece um grande, instantâneo e profundo amor.
Acalentada com esta breve e inusitada visita, prossegui em paz e talvez vendo muito mais cor no meu caminho.
O verão acabou, o outono (minha estação favorita) chegou e com ele toda a frescura de um tempo de frutificação.
Um dia, o vento entra pela janela e deposita no colo da irmã querida uma nova semente para brotar outra vez em seu já fértil e dócil ventre.
Peguei-me chorando outra vez! Mais um amor para chamar de meu?! Outra plantinha para cultivar e fazer virar flor no meu coração?! Sem medo de sofrer, apenas pensei: “Novos aromas para a primavera.”
Eu não sei o que fiz para de repente ser tão feliz assim, vai ver é o Menino Crístico, renascendo em Páscoa no meu coração.

7 comentários:

Nut. Juliana Tolêdo disse...

Que texto maravilhoso! Francielle, quero te conhecer! Vamos sair um dia com a Carol? Aguardo o convite, pois nossa amiga é extremamente enrolada. Faz parte do charminho dela... Um grande beijo.

Francielle Felipe disse...

Obrigada Juliana. Pode deixar. Combinamos algo após a semana santa. Será um prazer conhecê-la!
Beijos

Ângela Nery Soares disse...

Diva, vc merece!!
Saudade!
Beijocas

Ana Carolina Carvalho disse...

Amiga, você e sua família merecem muitas páscoas recheadas de crianças lambuzadas de chocolate!! Fico feliz por este momento lindo! beijos

Aline disse...

Que texto mais lindo, amiga!! Fiquei comovidade... e muiiiiito contente com o que li. Que Deus abençoe! Bjin

Liliam disse...

É quase que se postar à janela e interagir com o que se passa. Esta tela está aberta n'alma. Nela, como na "ventana" do tempo, fragmentos se instalam: poesias, felizes poesias; outonos, sempre austral; sementes, apenas uma; vida... vida... vida...
Respirar todo esse ar, é encantar a própria natureza, é se lançar como a vista panorâmica do universo. Que la do alto, te vendo aqui, simplesmente vibra.
Ela: Franci, uma "(V)iell(e)a no multiverso.

Sônia Regina disse...

Fran me emocionei ao ler seu texto sinto fazendo parte de frase. Senyi a sua alma sensivel amorosa. Ai que saudade, beijos te amo tenho muito orgulho de você.